As 5 melhores formas de se tornar num excelente fotógrafo de batizados

Hoje em dia, é cada vez mais comum os pais das crianças que vão receber o baptismo não quererem contratar um fotógrafo de batizados profissional. Muitas vezes, a principal razão prende-se pelo facto de existir a ideia de que qualquer convidado pode desempenhar bem este papel.

E a verdade é que, com a evolução dos telemóveis, qualquer um de nós se pode colocar na pele de um fotógrafo e captar imagens absolutamente incríveis – especialmente se o aparelho for de um modelo avançado e contiver um bom editor de imagem. Contudo, para que o trabalho final esteja ao nível de um experiente fotógrafo de batizados, existem certas técnicas que nunca devem ser descuradas, até mesmo para quem use uma máquina profissional. Eis algumas:

Aplicação do zoom

O zoom é uma definição muito importante para qualquer fotógrafo de batizados, seja ele amador ou profissional. Ainda para mais sabendo que, neste tipo de eventos, há situações que só conseguem ser captadas com uma boa ampliação. Por exemplo, já pensou como consegue apanhar o choro ou o riso do bebé no momento-chave do baptismo sem recorrer ao zoom?

Um bom foco e desfoco

Se focar é fundamental (tão importante que, na maioria dos telemóveis, já existe um foco automático), usar a técnica do foco e desfoco eleva, ainda mais, a qualidade da imagem. Esta técnica, tal como imagina, deixa a imagem focada e os elementos à sua volta desfocados, e é muito utilizada quando o mais importante e o mais visualmente agradável na imagem é o próprio objecto em si. Contudo, não é assim tão fácil fazer um bom foco e desfoco… neste caso, só a prática e o bom conhecimento fotográfico podem ajudar!

Captação dos pormenores

Um bom fotógrafo de batizados deve captar todos os pormenores do evento. Todavia, para o conseguir, dominar a máquina (ou o telemóvel) não chega. Além disso, deve também ter uma grande sensibilidade para perceber qual o segundo certo para fazer o “click”, de forma a captar aquelas pequenas coisas, ou aqueles simples gestos, que, através das imagens, podem ficar perpetuados por muitos e muitos anos.

Conhecimento e uso das funcionalidades da câmara

Sobretudo para quem fotografa com o telemóvel, é muito importante dominar todas as funcionalidades do aparelho, pois estas podem fazer toda a diferença no resultado final. Balanço de brancos, estabilizador, modo noite, HDR, entre outros, são apenas alguns exemplos do rol de configurações que tem mesmo de conhecer e de activar, sempre que a fotografia assim o exigir!

Escolha correcta das lentes

No caso de a escolha recair sobre uma máquina profissional, o fotógrafo de batizados deve saber adequar muito bem as lentes ao tipo de imagem que pretende. Por exemplo, deve usar um olho de peixe se quiser cobrir um ângulo de 180º, um grande angular para enquadrar áreas relativamente grandes (principalmente quando o espaço que quer captar é reduzido), uma lente micro para fotografar áreas e objectos pequenos, que são depois ampliados pela objectiva, etc… Qualquer que seja a escolha, não se esqueça: esta deve ser sempre feita de acordo com o propósito da fotografia.

Por muito valor e experiência que um fotógrafo de batizados profissional tenha, qualquer um de nós pode, de facto, desempenhar este papel e apresentar um resultado com bastante qualidade. Porém, é imprescindível que estes pontos acima descritos sejam seguidos e que haja muito outro estudo, caso contrário, as fotografias ficarão com um aspecto muito amador e o trabalho, de forma geral, poderá continuar muito pobre e pouco apresentável.