Maio 2017

Como um fotógrafo de casamento deve tirar boas fotografias a grupos grandes

Ao contrário do que se pensa, ser um fotógrafo de casamento não é uma tarefa muito fácil! Cada casamento é um desafio, e é sempre necessário existir uma enorme adaptação aos pedidos e exigências dos noivos! Por isso, para além do profissionalismo esperado por parte do fotógrafo, é também essencial que este seja muito original, versátil e capaz de atender aos pedidos mais insólitos – sobretudo quando falamos deste tipo de eventos, com vários grupos de convidados para fotografar!

Caso seja um fotógrafo de casamento e ainda sinta alguma dificuldade em tirar boas fotografias a grupos grandes de convidados, saiba que existem vários truques para facilitar o seu trabalho! Aqui lhe deixamos 4 dos mais importantes:

Criatividade nos planos captados

A escolha dos planos determina, em muito, o resultado final, pois é aqui que o fotógrafo de casamento mostra a sua criatividade e originalidade. Mesmo em fotografias de grupo, é possível inovar, colocando os convidados a olhar para pontos diferentes, fotografando-os de cima, de baixo, de lado, e até apanhando momentos de distracção (que acabam por ser as melhores imagens). Assim sendo, fuja do típico olhar para a frente e ao mesmo nível, e imagine posições engraçadas para lhes pedir, assim como planos “fora da caixa”. Seja arrojado e surpreenda toda a gente!

Escolha do cenário

Quer as imagens sejam captadas ao ar livre, quer sejam dentro do salão de festas, é muito importante que a escolha do cenário seja a ideal. No primeiro caso, é muito mais fácil escolher um local agradável para fotografar, pois, normalmente, as bodas são celebradas em quintas – que, por si só, comportam uma beleza estonteamente e detalhes que facilmente um fotógrafo de casamento consegue incluir nas imagens. Porém, dentro do salão também é possível escolher bons cenários: na pista de dança, perto do bolo dos noivos, nas mesas de refeição (especialmente se estas estiverem muito bem decoradas), ou apenas junto de algo que se sobressaia!

Baixos à frente e altos atrás

Esta é uma máxima que deve sempre ser seguida por qualquer fotógrafo de casamento que se preze. Lembre-se desta regra, principalmente na hora em que os grupos se juntam aos noivos para a fotografia da praxe – antes mesmo de todos passarem ao copo-de- água. Se reparar que existem elementos a mais, ou que muitos deles são baixinhos, nada melhor do que pedir para alguns se colocarem de “cócoras”. Vai ver que, assim, a imagem ficará perfeita!

Flash? Sempre!

Especialmente em dias com muito sol e se as fotografias forem captadas ao ar livre! Pense que o flash tem uma funcionalidade fantástica, que é a de realçar os tons do objecto focado, quer seja uma pessoa, um animal, ou algo material. Assim sendo, e no caso de uma imagem de um grupo num casamento, vai fazer com que os rostos dos convidados fiquem mais vivos e luminosos, assim como todas as cores envolventes.

Como reparou, é possível captar boas imagens de grupos grandes, isto, claro, se seguir estas dicas em todos os seus trabalhos. Contudo, avisamos que isto não chega, pois qualquer fotógrafo de casamento, para além da criatividade e da imaginação, deve ter muita técnica na altura do “click”… mas técnica certamente já tem em demasia, não é verdade?